APAE

Vereador João Filho deixa de apoiar e retira equipamentos da sala de fisioterapia da APAE de Luzilândia

Atitude desperta dúvida quanto à doação dos equipamentos.

08/10/2019 08h41Atualizado há 6 dias
Por: Nichollas Castro
734

Alunos da APAE de Luzilândia que eram atendidos pela Sala de Fisioterapia, estão sem atendimento, isso porquê depois de dois anos instalada na sede da APAE, a sala de Fisioterapia foi retirada sem maiores explicações, pelo vereador e patrono da Sala João Filho, responsável pela doação do equipamento para a instituição.

A atitude do vereador é uma das mais contraditórias e lamentáveis, pois fere diretamente direitos assegurados constitucionalmente, uma vez que retirar de crianças excepcionais um atendimento tão importante priva-os da possibilidade de recuperação e uma melhor qualidade de vida.

Cerca de 60 crianças e jovens são atendidos pela associação de pais dos amigos dos excepcionais (APAE) em Luzilândia, e grande parte deles precisa de acompanhamento fisioterapêutico.

A pergunta que não quer calar, o que realmente o vereador João Filho pretendia retirando essa sala de fisioterapia da APAE? E o que fará com esse equipamento?
Mães de alunos que necessitam do atendimento mandaram mensagens em aplicativos de conversas e demonstraram grande tristeza com a atitude do vereador.

O Portal Norte Piauí fez contato com o vereador que informou que ainda não está ciente da informação que foi divulgado na manhã de hoje pelo Portal Rio Parnaíba.

O mesmo informou que está em Teresina desde ontem, segunda-feira e que essa notícia não está informando o motivo real, que na verdade foi a saída do profissional que atendia os alunos. 

Também informou que assim que chegar em Luzilândia emitirá uma nota explicativa sobre o assunto.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Anúncio
whats-mensagem
Municípios
Rogério Pontes
Últimas notícias
Ghrupo-whasts
Mais lidas
Anúncio
Anúncio