Anúncio
Praça da Juventude

PRAÇA DA JUVENTUDE: Ronaldo Gomes é notificado novamente por atos de Janaínna Marques

Por não ter cumprido o ato assinado no convênio, o Ministério do Esporte solicitou a devolução dos valores repassados ao município.

08/03/2020 15h03
Por: Redação
644

O Ministério do Esporte solicita a devolução do repasse da praça da juventude de Luzilândia, após vistoria realizada no local onde deveria está construída a praça da juventude.

A praça não teve sua conclusão e após vistoria da CGU, foi a instaurada a tomada de contas para devolução do recurso. Assim , mais uma vez o prefeito Ronaldo Gomes é  oficializado pelas irresponsabilidades de gestores passados, neste caso, a ex - prefeita Janaína Marques. 

Ao todo, o montante de recursos fiscalizados foi de R$ 1.608.248,00 e os trabalhos de campo foram realizados no período de 08/08/2016 a 12/08/2016, e consistiram na análise da documentação disponibilizada pela Caixa Econômica Federal e na inspeção física da obra.

O objeto pactuado foi a transferência de recursos financeiros para a construção do Complexo Esportivo Praça da Juventude, com um investimento total de R$ 1.608.248,00, sendo R$ 1.560.000,00 o valor previsto de repasses da União e R$ 48.248,00 sendo o valor da contrapartida do município.

É grave o cenário do que seria o complexo, núcleo de esportes, recreação e lazer, conhecido popularmente como praça da juventude.

Uma obra a ser acabada ainda na gestão da ex-prefeita de Luzilândia, hoje deputada estadual e secretária de infraestrutura Janaínna Marques. Nada mais se encontra nas imediações do complexo, além de um esqueleto, uma estrutura sem frente lado ou fundo, uma visão do mais completo abandono em vista do que é o projeto nacional para este tipo de obra.

Todo este elenco está na responsabilidade ou o contrário desta palavra ( irresponsabilidade), da gestão assumida pela ex-prefeita Janaínna Marques, hoje como já citada acima , atuante no cenário estadual, forte aliada do governador Wellington Dias.

Torna-se a dizer , que apesar das parcelas liberadas para implemento da construção do citado complexo apenas o que se vê é um esqueleto muito mal começado, o que não se compreende, uma vez que a ex-gestora é dada a apontar e fazer ataques  contra a atual gestão de Luzilândia atravez de seus "jornalistas " blogueiros perfazentes.

Veja abaixo o documento com a cobrança.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários