Anúncio
Enchentes

Defesa Civil de Luzilândia já retirou 20 famílias de áreas de situação de risco

Cheia do Rio Parnaíba avança e preocupa autoridades locais

22/03/2020 21h45
Por: Nichollas Castro
276

O domingo (22/03), foi dia de intensificar ainda mais as ações nos bairros e na zona rural de Luzilandia e de São Bernardo MA. As equipes da Defesa Civil, Guarda Municipal, Bombeiros, e voluntários atuaram em áreas que já são gravemente afetadas pelas cheias do Rio Parnaíba em Luzilândia, também dando auxílio de assistência ao município vizinho, com o trabalho de retirada em segurança das famílias com casas em áreas de risco, assim como fazer um alerta para aquelas que insistem em permanecer.

Com aumento ainda mais do nível do Parnaíba, a rotina de famílias estão sendo afetadas, e várias delas tendo que deixar as suas casas. Até as 20 horas deste domingo, o nível da régua fluvial mediu 6.28m a cima do normal, ontem no mesmo horário a régua media 6.03m, elevando para 20 o número de famílias desabrigadas ou desalojadas, na extensão da zona de atuação. Sendo 10 famílias desalojadas, estas encaminhadas para casas de parentes e casas alugadas; e 10 famílias desabrigadas, onde foram encaminhadas para abrigos do Governo de Luzilândia ( CAPS, U.E Mundica Pimentel, Centro dos Idosos, U.E Eremita Carvalho). Destas, 18 famílias foram atingidas diretamente pelas águas do Rio Parnaíba e as outras duas por ameaça de desabamento em suas estruturas.

Localidades como Ilha do Capeta, Timóteo, Bico do Patú e Camboa estão isoladas. Nas próximas horas, a força tarefa vai fazer a retirada de mais famílias das áreas de risco, e faz um alerta para que a população ribeirinha programem as saídas de suas residências pois o Rio Parnaíba continuará enchendo.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários